Eu venho de uma família de avós imigrantes portugueses da Ilha da Madeira e da Itália. Aos 5 anos de idade vi pela primeira vez uma sequência de girinos em metamorfose e isso me despertou interesse pela biologia. Fiz minha graduação em Biologia na UNICAMP, mas apesar de ser uma universidade de excelência, minha formação como naturalista foi na Mata de Santa Genebra em Campinas onde aprendi a identificar plantas, aves e mamíferos.

 

Durante 5 anos, eu percorri as trilhas dessa pequena floresta anotando as interações entre os animais e as plantas. Na UNICAMP fiz mestrado em Ecologia, sobre a orientação da Dra. Patrícia Morellato. Nessa época os meus dados de naturalista ganharam uma aproximação mais ecológica.

Em 1992 comecei meu doutorado na Universidade de Cambridge na Inglaterra e lá me tornei um biólogo da conservação. Todo meu trabalho de campo do doutorado foi realizado no Brasil, no Parque Estadual Intervales. Lá eu ampliei meus estudos sobre as interações entre animais e plantas e busquei entender qual o impacto do corte ilegal do palmito juçara nas aves que dispersam suas sementes.

No meu pós-doutorado, eu me mudei para a Ilha de Bornéu na Indonésia para estudar a dispersão de sementes por ursos e calaus. Com o início da guerra civil, eu decidi regressar ao Brasil e recebi uma bolsa da FAPESP como Jovem Pesquisador no Departamento de Botânica na UNESP de Rio Claro. Entre 1998 e 1999 eu trabalhei com os frugívoros da Floresta Amazônica, em Paragominas e entre 2002 a 2007 eu trabalhei com comunidades de frugívoros no Pantanal.

Desde agosto de 1998 sou professor do Departamento de Ecologia na mesma UNESP. Entre 2007 e 2009 eu fui Tinker Professor na Universidade de Stanford nos Estados Unidos e em 2016 eu fui professor associado na Universidade de Aarhus na Dinamarca.

Eu tive a oportunidade de visitar diversos ecossistemas, como as savanas africanas, as florestas tropicais australianas, os bosques temperados na Finlândia, os bosques da Patagônia até a tundra e taiga no Alaska. Essas viagens foram fundamentais para a formação de hipóteses globais sobre o funcionamento da natureza e sobre a defaunação no Planeta Terra.

© 2023 by Andi Banks. All rights reserved

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now